O prefeito ACM Neto celebrou a confirmação do segundo milagre atribuído à Irmã Dulce, divulgado pelo Vaticano nesta terça-feira (14) e que, com isso, a religiosa soteropolitana será declarada santa. Ela será a primeira mulher nascida no Brasil a ser canonizada e terá a denominação de Santa Dulce dos Pobres.

 

“Estou muito feliz e emocionado com a confirmação divulgada hoje pelo Vaticano, mesmo sabendo que Irmã Dulce sempre foi considerada Santa por nós, baianos. Essa notícia é um reconhecimento à história do Anjo Bom da Bahia, que construiu uma obra grandiosa de amor e caridade. Agora, mais do que nunca, ela seguirá iluminando os nossos caminhos e sempre viva no coração de todos nós”, afirmou o prefeito.

 

A memória e a importância do “Anjo Bom da Bahia” na longa trajetória de assistência aos mais pobres, que resultaram na criação das Obras Sociais Irmã Dulce, têm sido reconhecidas em ações realizadas pela Prefeitura nos últimos sete anos. Dentre elas está a criação da Escola Municipal Hospitalar e Domiciliar Irmã Dulce, que promove ensino àqueles que, por questões de saúde, não podem frequentar uma escola regular.

 

Em 2015, foi entregue a nova Praça Irmã Dulce, no Largo de Roma – uma área de 18 mil m² que ganhou novo piso, acessibilidade, paisagismo e amplo estacionamento para veículos. Para fortalecer o turismo religioso na região, está sendo feita a requalificação da Colina Sagrada, com primeira etapa entregue em janeiro e a segunda a ser concluída até junho e, ainda este ano, ser implantado o projeto do Corredor da Fé, que requalificará a Avenida Dendezeiros – trecho de ligação entre o Santuário Irmã Dulce e a Basílica do Senhor do Bonfim.

SECOM – Secretaria de Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here