No lugar que foi sua morada e acolhida nas últimas décadas, os olhos verdes de Iraci Lordelo se fecharam na manhã desta sexta-feira (1º). Voluntária mais antiga das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), faleceu às 4h em função de complicações de um câncer que lhe acometeu nos últimos 2 meses nas Osid.

Dona de uma voz mansa e firme, ela foi fiel escudeira da freira conhecida como o Anjo Bom da Bahia por ter erguido  – apenas com doações – a maior rede de atendimento totalmente pública do Brasil em atividade.

O corpo de Iraci será velado a partir das 10h na sede do Santuário da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres, no Largo de Roma. Às 12h, será celebrada uma missa de corpo presente. Em seguida, o corpo será levado para a capela 6 no Cemitério Campo Santo onde ficará até às 16h quando será enterrado.

Iraci trabalhou como voluntária nas Osid por décadas, diariamente, sem ganhar nenhum centavo. Seu apoio e acolhimento eram marcas registradas. Após a morte de Irmã Dulce, com quem ela conviveu nos primeiros momentos de construção das Osid, ela continuou seu voluntariado.

Em função da morte da voluntária, o lançamento do aplicativo das Osid, que aconteceria hoje, foi cancelado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here