Moradores de Candeias, na região metropolitana de Salvador, fizeram uma caminhada na tarde deste domingo (22) e lotaram a missa realizada na igreja da cidade, após a morte do artista plástico Arnaldo Filho, conhecido como “Nadinho”. Ele era também era professor de artes plásticas e ensinava arte no ateliê que tinha em casa. Arnaldo morreu após ser baleado dentro de casa, na noite de sábado (21). Segundo os familiares da vítima, policiais militares entraram na casa dele em busca por um suspeito e já chegaram atirando no homem, que estaria desarmado. A Polícia Militar alegou que ele portava um revólver e disparou contra a guarnição, da janela de casa, mas a arma falhou. A Corregedoria da instituição apura o caso. De acordo com o G1, o protesto foi com emoção e revolta. Eles levaram quadros do artista e carregaram o caixão até a igreja, onde é realizada uma missa de corpo presente.

BN

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here