Começa nesta terça-feira (5) e prossegue até sábado (9), a 14ª edição da Bahia Farm Show 2018, no município de Luís Eduardo Magalhães. A cerimônia de abertura terá início a partir das 10h, na Praça do Complexo Bahia Farm, e contará com a presença do governador da Bahia, Rui Costa, recepcionado pelo presidente da feira e da Associação dos Agricultores e Irrigantes da Bahia (AIBA), Celestino Zanella, e da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (ABAPA), Júlio Busato. Também estarão presentes prefeitos da região, deputados estaduais, representantes das instituições financeiras e agricultores de toda a área de abrangência do MATOPIBA (fronteira agrícola que reúne os Estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia).

Umas das maiores feiras de Agronegócio do país, a Bahia Farm reúne empresas dos setores de máquinas e implementos agrícolas, consultores e técnicos, que trazem as principais inovações do mercado, e pequenos, médios e grandes agricultores em busca de melhorar o desempenho no plantio, colheita, e consequentemente, uma maior produtividade no campo. Além disso, os interessados em adquirir maquinário ou outros produtos têm acesso a créditos e juros facilitados pelas instituições financeiras públicas e privadas presentes nos cinco dias de evento.

Este ano, segundo os seus organizadores, a Bahia Farm buscou expandir as fronteiras, trazendo cada vez mais expositores e visitantes internacionais. O processo iniciado no ano passado, afirmam, continua a ganhar força com a participação, nesta edição, de expositores dos Estados Unidos, Alemanha e Argentina. O presidente da AIBA, entidade organizadora da feira, Celestino Zanella, acredita que uma conjuntura favorável diante da boa safra agrícola e o maior aporte de crédito do Plano Safra devem garantir que a 14ª edição da feira supere, pelo terceiro ano consecutivo, a marca do R$ 1 bilhão de reais em negócios. “No Oeste da Bahia, tivemos a melhor safra de todos os tempos, principalmente na cultura da soja. Estes resultados, aliados às condições facilitadas de crédito, nos deixam confiantes de que os agricultores irão investir em tecnologia e se preparar para as próximas safras”, avalia. A organização espera superar a marca da edição passada, quando atingiu a marca histórica de R$ 1,531 bilhão em negócios.

Até o último dia da feira cerca de 70 mil pessoas deverão circular no espaço, tendo à disposição, aproximadamente, 900 marcas do que há de mais moderno e avançado em maquinário, sementes, implementos e softwares de 200 expositores. Dentro da programação, destaque para o Leilão da Bahia Farm Show, que será realizado na sexta-feira (8), quando pecuaristas da região e de outros Estados poderão arrematar cerca de 500 bezerros, bezerras, garrotes e novilhas das raças Zebuínas Nelore e Guzerá e das raças europeias Angus e Aberdeen Angus e seus cruzamentos industriais. Todos anunciados como de alto padrão genético, excelente procedência e em condições facilitadas de pagamento.

Inovação

Sendo uma das maiores feiras de tecnologia agrícola do Brasil, a Bahia Farm Show 2018 vai ser espaço também para compartilhar conhecimento sobre inovações tecnológicas e para debater temas relacionados ao dia a dia dos agricultores. Durante os cinco dias de feira serão realizadas mais de 30 palestras técnicas, distribuídas em três espaços – auditório da Fundação Bahia e dois auditórios no pavilhão coberto – que vão abordar temas voltados ao setor do agronegócio. A grade oficial de palestras e debates pode ser conferida no site da feira.

Ingresso

Para ter acesso à feira será cobrado o ingresso de R$15,00, dos quais 20% serão revertidos para o Hospital do Oeste, por meio do programa “Ingresso Solidário”. A iniciativa, que já existe há cinco anos, visa proporcionar melhorias na maior unidade de saúde da região, a fim de que a mesma preste um atendimento cada vez melhor e mais humanizado à população.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here