O tempo ajudou e a educadora Eliana Alves, 50 anos, não teve dificuldade em chegar ao colégio designado para realizar as provas do concurso público municipal. Além dela, o certame reuniu quase 100 mil candidatos neste domingo (16), todos em busca do sonho de se tornar funcionário público e ter uma carreira estabilizada. “Sempre quis ser professora. Hoje exerço a profissão, mas não tenho a segurança da manutenção de meu emprego por conta da instabilidade em que o país se encontra. Então, tenho muita fé nesta prova, que acredito ter realizado bem”, afirmou Eliana.

 

O prefeito ACM Neto disse que a realização do concurso público é mais uma demonstração da eficiência administrativa da atual gestão. “Enquanto os Estados e Prefeituras de todo o país estão demitindo e congelando vagas, nós, em Salvador, remamos contra a maré, oferecendo mais oportunidades de emprego”, afirmou.

 

O processo seletivo, organizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), sob a coordenação da Secretaria Municipal de Gestão (Semge), aconteceu em dois turnos e horários. A coordenação do concurso esteve disponível desde ‪as 7h, na Faculdade Área I – ‪Avenida Luiz Viana, Imbuí, para esclarecer as dúvidas da imprensa. O índice de abstenção foi maior durante a manhã: 12,6% de faltantes, contra 9,99% no período da tarde.

 

Mobilidade – Para garantir que os candidatos conseguissem chegar a tempo no local das provas, a Prefeitura montou um esquema de trânsito e transporte, com atenção especial aos principais corredores de tráfego, evitando congestionamentos. Além disso, houve acompanhamento do trânsito em tempo real, através do Núcleo de Operação Assistida (NOA), por meio de câmeras de monitoramento.

 

A Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) reforçou as 30 linhas que circulam nos principais corredores da cidade para atender à demanda dos candidatos. Todas as linhas do sistema de transporte de Salvador operaram normalmente.

 

Para quem está concorrendo à vaga de professor e de outros cargos de nível superior, o exame foi realizado das 8h ‪às 13h, com questões objetivas e discursivas. Para os cargos de nível médio ou técnico, as provas com questões de múltipla escolha ocorreram em dois horários: 8h ‪às 12h e ‪15h30 ‪às 19h, dependendo do cargo escolhido.

 

Concurso – O certame para a Prefeitura de Salvador foi dividido em três editais. O primeiro deles, para professor, com 150 vagas imediatas. O segundo edital é para os cargos de Guarda Civil Municipal, Agente de Trânsito, Agente de Fiscalização, Fiscal de Serviços Municipais e Agente de Salvamento Aquático (salva-vidas).

 

Por fim, o terceiro edital é destinado para médico, assistente social, psicólogo, engenheiro civil, engenheiro eletricista, engenheiro/arquiteto e – pela primeira vez na administração municipal, os cargos de gestor público, médico perito, médico do trabalho, técnico de enfermagem do trabalho e técnico em segurança do trabalho. Os novos postos vão representar um investimento de R$ 23,3 milhões para reforçar as áreas estratégicas e prioritárias da Prefeitura.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here