A arte e a cultura que estão sempre interligadas de modo especial prometem desfilar as suas diversas formas simbólicas, dentro da 5ª Edição do Encontro Mundial Virtual, prevista para acontecer em 01 de agosto de 2020 (sábado), via plataforma digital ZOOM, das 14 às 17 horas, pelo Facebook do Teatro da Solidão Solidária.

O evento realizado desde o início da pandemia do COVID 19, conta com as valiosas participações de seres humanos com experiências sociais e culturais. Ele existe por causa de uma demanda de ações desenvolvidas no mundo inteiro, por homens e mulheres, que, assim como, a pintura e o desenho, têm a força e a capacidade de brilharem, iguais às cores das artes plásticas e, porque não dizer, da natureza?  

Artistas que promovem a cultura no Brasil e no exterior participarão do encontro rico em diálogos com artistas, intelectuais e formadores de opinião de vários lugares do mundo. Do norte ao sul do Brasil, personalidades da África, Europa, Estados Unidos e América Latina conversam entre si construindo pontes de solidariedade.

Seres que lutam pra que humanos se tornem visíveis aos olhos do mundo estarão na programação desta edição: Sidney Magal (cantor, dançarino e ator); Rafael Righini (compositor de trilhas sonoras para cinema e televisão, maestro e diretor de musicais da Broadway, como “O Mágico de OZ”;  Meire Fernandes (co-fundadora e diretora do LABRFF ( The Los Angeles Brazilian Festival Films),  maior festival de cinema brasileiro nos Estados Unidos; Bukassa Kabengele (ator, compositor e cantor, nascido na Bélgica, que morou no Congo e naturalizou-se brasileiro) e Marcos Fiel, que ficou conhecido com o personagem Bozo, no espetáculo infantil “Patati, Patatá”.

Nomes do cenário artístico, nacionais e internacionais, com visibilidade em seus países, passaram pelas quatro edições do Encontro Mundial que homenageará no mês que se aproxima, a atriz de teatro, televisão e cinema, Rosi Campos (São or causaPaulo) e, ainda, o ator, poeta, compositor, radialista e humorista da Bahia, Genny Santos.

A arte como instrumento de mediação, resolução de conflitos e inclusão social, defendida pelo Teatro da Solidão Solidária se apoia, na prática, propondo ações de seres ao redor do mundo que possam amenizar o drama de homens, mulheres e crianças em situação de rua.

O Teatro da Solidão Solidária que pensa em tirar pessoas das ruas lançará nesta edição, o projeto de sensibilização e construção de ações voltadas para inclusão social. “Meu Irmão Saiu da Rua” é assim que se chama a referida ideia, que convida todos os simpatizantes do Encontro Mundial Virtual, a formarem grupos de estudos para discorrer sobre temas reais e, ao mesmo tempo, distantes de rodas de conversas, como: Solidão e Solidariedade.

Para isso, é preciso formar grupos de 10 integrantes cada, para juntos discutirem meios de contribuir para que homens, mulheres e crianças voltem para os seus lares e sociedade com as próprias forças e, claro, as ações solidárias dessas equipes. “Meu sonho é, inicialmente, a formação de mil grupos espalhados pelo mundo até 2022, quando acontecerá o Encontro Mundial Presencial do Teatro da Solidão Solidária no Brasil, Estados Unidos e Europa”, revelou Ivan Antonio, que transita pela via dos desvalidos.

“Mudar o mundo não é e não pode ser uma ação individual”, diz o criador do método do Teatro da Solidão Solidária, Ivan Antonio, que ainda é enfático: temos que juntar gente, formar um batalhão que ilumine caminhos, e essa luz tem que ser construída coletivamente, afirmou o também, pesquisador, que, com toda convicção, tornou-se uma ponte entre segmentos distintos da sociedade mundo afora. Isso é sinal de que ele transforma vidas.

*O Teatro da Solidão Solidária

Criação do poeta e dramaturgo pernambucano de Arcoverde, Ivan Antonio, o Teatro da Solidão Solidária é um método de mediação, resolução de conflitos e inclusão social através da arte, que é propagada pelo também compositor e cineasta radicado na cidade de Camaçari, no Estado da Bahia.

*Os Homenageados 

>Rosi Campos

Já participou de mais de trinta novelas, musicais, seriados e filmes no Brasil. Atualmente, Rosi interpreta a personagem Eponina na novela “Êta Mundo Bom” da Rede Globo.

>Genny Santos

É membro da Academia Internacional de Cultura e Artes da Itália. Como humorista, Genny ficou conhecido graças ao seu personagem “Matilde, a Boa”.

*Como participar do 5º Encontro Mundial Virtual?  

Via plataforma digital ZOOM com transmissão AO VIVO em 01 de agosto de 2020 (sábado), das 14h às 17h, pelo FACEBOOK do TEATRO DA SOLIDÃO SOLIDÁRIA. Os interessados devem encaminhar e-mail e whatsapp para o endereço: solidaosolidaria@bol.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here