Ovos de chocolate, almoço na Semana Santa e até uma surpresinha a mais, que nem o coelhinho da Páscoa poderia imaginar, sobretudo, para os amantes de coxinha. Estas são só algumas oportunidades de negócio que surgem nesta época para quem deseja garantir uma renda extra até o mês de abril.

“Como boa parte dos mercados de sazonalidades este não é diferente. Uma boa forma de se destacar é fazer produtos com acabamentos mais personalizados e com foco na clientela que você definiu”, destaca o consultor em Vendas e Empreendedorismo, Claudio Zanutim.

E foi justamente pensando neste público movido pela paixão que muita gente nutre por coxinha, que a empresária Luciana Simas da Lulu Gourmet começou a fazer desde o ano passado as “coxinhas de Páscoa”. “São coxinhas modeladas e embaladas como um ovo de páscoa. Elas nos surpreenderam tanto que aumentou bastante o nosso faturamento, quase ultrapassando a produção dos ovos de chocolate”, afirma.


Mesa farta

Quem também diversifica o negócio na época para atender a Semana Santa é a proprietária do Bar da Neinha Point do Camarão, Iracema Oliveira. Localizado no bairro de Plataforma, a fila de panelas, partir das 5h da manhã na Sexta-Feira Santa é tradição. “Já tenho muita encomenda. O pessoal começou a ligar e no dia mesmo é um entra e sai de panela danado. Eu não durmo só fazendo caruru e vatapá”.

A procura é tão grande que Neinha contrata de 8 a 10 funcionários só para atender a demanda de refeições no feriado. Tem moqueca de camarão para quatro pessoas a partir de R$ 99. A mariscada para seis, sai por R$ 130. “Eu faturo 40% a mais só com a Semana Santa. É um bom negócio e um extra ótimo. Vende mesmo, graças a meu bom Deus”, comemora.

A confeiteira Juliana Silva apostou também no ovo de colher infantil para conquistar  a criançada
(Foto: Evandro Veiga/ CORREIO)


‘DEU MUITO CERTO’

Juliana Silva, proprietária da July Cake Bolos Decorados 
 Faço bolos decorados durante o ano, mas quando chega esta época eu foco na produção de ovos gourmet de colher. Comecei a fazer isso no ano passado. Tinha dúvida se ia realmente dar certo, mas quando me dei conta eu consegui produzir quase 100 ovos. Ou seja, deu muito certo. Em termos de faturamento, a venda me deu um lucro de R$ 2,5 mil – dinheiro que eu investi em equipamentos de confeitaria e um curso para me aprimorar também. Para esta Páscoa, já fechei 20 pedidos.A maioria deles começam a chegar em cima da hora mesmo. Há versões por R$ 25 (250g) e R$ 30 (350g). Independente do valor, eu deixo que o cliente monte seu próprio ovo: escolha a casca, o recheio e o acabamento. Criei um ovo infantil que vai com o personagem preferido e o nome da criança. Com isso, eu espero dobrar meu ganho e produzir, no mínimo, 200 ovos até o Domingo de Páscoa.    

AUMENTE SUAS VENDAS

Produtos e serviços O momento é dos  produtos diferenciados, como afirma a presidente da AGR Consultores, Ana Paula Tozzi. “Empreenda em ovos artesanais, bonecos e brinquedos no formato de coelhinhos e ovos, refeições pré-prontas, para os dias de feriado”, destaca.

Concorrência  Outra dica da especialista é construir boas ofertas: “Tenha preços competitivos e use sugestivas”,

Divulgação  Use as mídias sociais e os grupos de WhatsApp. Aposte também nas postagens no Facebook e Instagram.

Fonte: Correio*

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here