A gratuidade para policiais civis e militares e bombeiros nos ônibus de Salvador foi suspensa, a partir desta quarta-feira (2), após determinação da Justiça.

A liminar que garantia o benefício foi cassada no dia 14 de dezembro, após pedido do Consórcio Integra, que opera o serviço de ônibus na capital baiana. No entanto, a determinação passou a valer nesta quarta.

De acordo com informações do governo, os policiais civis já recebem o auxílio para o transporte, mas também tinham direito à gratuidade. Eles seguirão apenas com o auxílio.

Com a suspensão da gratuidade, o governo regulamentou o pagamento de auxílio-transporte para os policiais e bombeiros militares. Com a mudança, 33 mil militares passarão a receber o benefício, na capital e no interior.

O decreto será publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) da quinta-feira (3). De acordo com o estado, o pagamento deste mês de janeiro já está sendo processado e será feito na próxima semana. O benefício irá gerar uma despesa anual de R$ 65 milhões.

G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here