O Instituto Quilombo Ilha é uma entidade sem fins lucrativos e tem como proposta a renovação e continuidade de ações na área de fomento educacional e preparação de jovens e adulto ao acesso a Universidade e mercado de trabalho. Surgiu da necessidade de levar mais conhecimento a população da Ilha de Itaparica. Teve o apoio primordial do Instituto Cultural Steve Biko, pois foi quem ajudou na implantação do projeto naquela região e de onde saiu grande parte da grade de professores para todo início do processo.

O Instituto tem contribuído, desde 2006, para a inclusão de mais de 800 jovens, negros, moradores da Ilha e de algumas cidades vizinhas no Ensino Superior.

Uma forma de garantir a sobrevivência do projeto é a construção da sede própria. Que neste atual momento o Instituto tem  intensificado ainda mais esta bandeira. Já que o local onde atualmente funciona as aulas terá que ser entregue, assim, o projeto ficará sem espaço para que as atividades sejam ministradas. “É de extrema urgência a construção da sede própria e isso deixa todos apreensivos, já que sem o espaço corremos o risco de interromper as atividades”, ressalta Renato dos Santos, vice-presidente do Instituto.

Hoje, o Quilombo conta com 18 educadores, sendo que cinco deles são ex-alunos, que após concluírem seus cursos voltaram para atuar como professores na Instituição.  Além destes, também possui um quadro de nove ex-estudantes que fazem parte da coordenação.

Vale ressaltar ainda que a disciplina CCN – cidadania e consciência negra, por sua vez, foi potencializada pela experiência socializada do corpo docente da Steve Biko para com os alunos do Quilombo Ilha.

E com a proposta de atender a necessidade de mais jovens, no segundo semestre de 2017, foi implantado o Pré-IFBA, projeto piloto. Que tem por objetivo preparar os estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental, oriundos das escolas públicas municipais, a possibilidade para estudar no Instituto Federal.

O Instituto Quilombo Ilha busca ao longo de mais de uma década atender especialmente a população negra da Ilha de Itaparica, municípios de Vera Cruz e Itaparica, e tem feito, até o presente momento, diversas ações, tais como:

Palestras educativas voltadas para questão Racial;

Seminários e aulas interdisciplinares;

Participação em Conselho voltada para discussão Racial;

Realização de Saraus artísticos e temáticos;

“Forró do Quilombo” um forró social, com o objetivo  de buscar a sustentabilidade;

Intercâmbios nacionais e internacionais;

Preparação da população para inserção nas universidades e concursos;

PAA- programa de apoio ao aluno, formado por uma equipe multidisciplinar- psicóloga, pedagoga e assistente social que tem o objetivo fazer o acompanhamento psicossocial e pedagógico dos estudantes;

Aulão de Revisão – aberto a toda a população.

Estas atuações contam apenas com o apoio da Prefeitura Municipal de Vera Cruz – BA, através da Secretaria de Educação, e da Igreja Católica Coração de Jesus, que cede um espaço na Casa Paroquial para que sejam aplicadas as aulas e onde funciona toda a coordenação do Instituto, além do apoio da UNEB, através do programa Universidade Para Todos que o Instituto Quilombo Ilha serve como polo de aplicação das atividades.

Quem puder ajudar com a construção da sede do projeto é só fazer uma doação de qualquer valor na conta do Instituto. Agência: 3785 Operação: 003 Conta Jurídica: 624-8 Caixa Econômica Federal. Ou ligue para (71)3633-1958 e encontro uma forma de ajudar a manter vivo os sonhos de centenas de jovens.

Também é possível contribuir por meio de arrecadação online, para isso acesse: www.vakinha.com.br/vaquinha/projeto-sede-propria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here