Foram presos pela Polícia Federal, na manhã desta terça-feira (13), no Rio de Janeiro, o delegado Marcelo Martins, atual Diretor Geral de Polícia Especializada, e o coronel César Rubens Monteiro de Carvalho, ex-secretário estadual de Administração Penitenciária (Seap). De acordo com informações do G1, a ação faz parte de uma etapa da Operação Calicute, desdobramento da Lava-Jato no Rio, na qual a PF deve cumprir 14 mandados de prisão, nove temporárias e cinco preventivas. As investigações, que acontecem com apoio do Ministério Público Federal (MPF) e do Ministério Público Estadual, apontam que os suspeitos integravam um esquema de superfaturamento e fraudes no fornecimento de café da manhã e lanche dos presos. Os acusados podem responder aos crimes de formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e corrupção, peculato e fraude de licitação. Segundo informações do MPF, os desvios dos cofres públicos somam R$ 73 milhões.

 

Bahia Noticias

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here