Mesmo com a situação equilibrada em relação à pandemia do Novo Coronavírus, Mata de São João iniciou nesta segunda-feira (6), e prossegue até o próximo domingo (12), toque de recolher e bloqueios nos acessos da cidade. As medidas são para proteger a população de contágio, sobretudo pela grande e crescente incidência da doença em municípios vizinhos.

O Prefeito Marcelo Oliveira publicou na tarde de ontem o Decreto Número 913/2020, que autoriza os serviços de delivery apenas de alimentos (até 21h)  e de medicamentos (sem restrição de horários) a funcionarem à noite, no período do toque de recolher. No domingo havia sido publicado decreto que proíbe a circulação de pessoas nas ruas de todo o município das 18h às 5h.  

As medidas foram tomadas após reunião com o governador Rui Costa e com outros prefeitos da Região Metropolitana de Salvador, no último dia 4. Oliveira resolveu aderir ao toque de recolher e ao novo bloqueio das vias de acesso ao município (o que já havia acontecido no período do São João e do São Pedro), permitindo a entrada apenas de moradores e de trabalhadores em serviços.

Proteção – “Mata de São João está com os números estáveis entre pessoas em tratamento e recuperadas de COVID-19, desde o dia 19 de junho. Nessas circunstâncias não há razão para interromper novamente as atividades já liberadas, assim como foi necessário em outros municípios vizinhos”, argumenta o prefeito de Mata de São João.

“Mas o toque de recolher e os bloqueios à entrada de visitantes fazem-se necessários em Mata de São João neste momento. Sobretudo para evitar que moradores de municípios que estão em lockdown venham ao comércio da nossa cidade e coloquem a população matense em risco”, alerta Oliveira.

No boletim epidemiológico de ontem (6), Mata de São João registrou 192 casos confirmados, 118 pessoas curadas, 65 pacientes em tratamento domiciliar, setes internados e dois óbitos. De acordo com o gestor municipal, as severas medidas de isolamento e o engajamento dos matenses no cumprimento dessas medidas têm contribuído para os resultados no combate ao Coronavírus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here