Devido o crescimento do número de infectados em Mata de São João, o prefeito Marcelo Oliveira (PSDB) decretou o fechamento das vias de acesso à cidade durante o período junino. Em participação no Programa É do Povo, o gestor afirmou que serão montados duas barreiras físicas na entrada do distrito de Amado Bahia e no Caboré, a partir deste sábado (20), e segue até o dia 28 de junho.

“É uma medida antipática, uma medida impopular, pois ninguém gosta de ter seu direito de ir e vir cerceado, mas nos estamos no meio de uma pandemia e calamidade na saúde pública e não vamos exitar em tomar medidas por mais antipáticas e impopular que seja, para preservar a saúde da população”, destaca Marcelo Oliveira.

A medida extrema faz parte das ações de enfrentamento à Covid-19 e visa impedir a chegada de pessoas de outros municípios. Conforme o prefeito, durante essa semana serão mantidas nas barreiras equipes com agentes da vigilância sanitária e da Polícia Municipal nos extremos da cidade onde vão coletar informações dos motoristas antes de permitir o ingresso na cidade.

“Os locais serão interditados com aqueles blocos de concreto, no Amado Bahia (BA-096) para impedir o trânsito de carros, motocicletas, micro-ônibus e qualquer outro veículo. Vamos fechar a entrada no Caboré, com barreira física. Fazemos outro bloqueio no outro extremo da cidade, no Sempre Verde com a barreira da Polícia Municipal. O mesmo vamos fazer no litoral na Praia do Forte, que é o destino procurados por várias pessoas de fora. Nesses lugares vamos ter o controle de acesso”, informa.

Não há restrição quanto ao tráfego de saída e entrada de moradores e trabalhadores. “Os moradores devem portar um comprovante de residência para adentrar à cidade, bem como os trabalhadores que deverão comprovar a relação de trabalho com a empresa”, explica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here