O prefeito de Mata de São João, Marcelo Oliveira, enviou à Câmara Municipal na segunda-feira (04/05), um ofício requerendo a retirada de tramitação, do Projeto de Lei nº 009/2020 de autoria do mesmo, e apresentado em regime de urgência, o qual criava a gratificação para profissionais de saúde que exercerem atividades ligadas ao combate à pandemia da Covid-19 pelo SUS.

A gratificação sugerida pelo Executivo, consistia na concessão de remuneração diferenciada no valor de R$ 200 reais por mês, a ser acrescida aos rendimentos do profissional que estiver trabalhando nas atividades de saúde ligadas ao combate a pandemia. Mas, a Câmara Municipal discordou do valor e os vereadores Agnaldo Cardoso, Paulo Antunes, Beto do Amado Bahia, Paulo Henrique, Pastor Sandro, Elcio Ramayana e Sérgio Bogoió aprovaram por maioria, a emenda ao PL, reajustando para R$ 400,00 a gratificação a ser concedida aos profissionais que estiverem na linda frente de combate ao combate ao coronavírus.

Era para o projeto aprovado entrar em vigor assim que o prefeito sancionasse, porém, o gestor municipal voltou atrás e retirou o projeto de pauta, preferindo assim, negar os 400 reais de gratificação aos funcionários da saúde que atuam na cidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here