Na Sessão Ordinária desta terça-feira, 12/05, o presidente da Câmara Municipal de Mata de São João, Agnaldo Cardoso, solucionou o embate entre a Câmara e a Prefeitura que, por descaso, não aceitou a emenda que propôs o reajuste do valor de gratificação de R$200,00 para R$400,00, do projeto de lei 009/2020 que beneficiaria os agente de saúde da linha de frente no combate ao Coronavírus.
Em plena sessão ele declarou que devolverá aos cofres públicos, em junho de 2020, o valor de R$222.000,00 (duzentos e vinte e dois mil reais) que será destinado ao auxílio emergencial para 185 funcionários. Com este repasse, ficará garantido por três meses o valor de R$400,00 aos profissionais.
É a Câmara saindo na frente e servindo de exemplo, assim como aconteceu no ano passado, quando devolveu um valor de R$350.000,00 (trezentos e cinquenta mil reais) para o aumento do Auxílio Universitário, este ano o foco será a Saúde.
“Todos sofrem por conta desta pandemia mas, principalmente nossos heróis da saúde são os mais prejudicados. Eles estão na linha de frente do combate ao Coronavírus e merecem todo nosso reconhecimento. Esta devolução é um presente que damos no dia dos enfermeiros, estendido aos outros funcionários, guerreiros a todo momento, passando por cima até da segurança de suas famílias, para cuidar de todos os matenses.” Disse o presidente Agnaldo Cardoso.
Agora, a Câmara aguarda o projeto de lei que, deve ser enviado pelo Executivo para firmar o acordo, destinando oficialmente este repasse para a Secretaria de Saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here