Os impactos gerados pelo racismo na vida de pessoas negras é o tema do espetáculo “Pele negra, Máscaras Brancas”, que acontece no dia 14 de julho, no Teatro Castro Alves, no bairro do Campo Grande, em Salvador. A apresentação da Companhia de Teatro da UFBA é inspirada na obra de Frantz Fanon, influente psiquiatra e pensador negro do século XX, e é realizada pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), dentro do Domingo no TCA, projeto do TCA/Funceb, com ingressos a R$ 1,00 e R$ 0,50.

A peça tem texto de Aldri Anunciação, direção de Fernanda Júlia e co-direção de Licko Turle. O elenco é majoritariamente negro e traz a primeira mulher negra, Onisajé (Fernanda Júlia), como diretora de um espetáculo pela companhia de Teatro da UFBA, fundada em 1981. Para Onisajé, “o convite para ir ao TCA é a possibilidade de abrir um equipamento público para uma plateia que, geralmente, não se vê representada em grandes palcos”.

Segundo o co-diretor Licko Turle, o processo de montagem foi feito na Companhia de Teatro da UFBA, com apresentação no Teatro Martim Gonçalves (TMG), durante quatro semanas e casa lotada. “O espetáculo acabou sendo um sucesso de público e, até mesmo de crítica, por esse motivo buscamos a Secretaria de Cultura do Estado, que teve a visão da importância do espetáculo, para apresentar no projeto Domingo no TCA”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here