O vice-prefeito Bruno Reis destacou a importância do cumprimento de rígidos protocolos, para o retorno gradual do funcionamento de estabelecimentos com mais de 200 metros quadrados na capital baiana. “Segurança é a palavra-chave para a retomada das atividades econômicas em Salvador. Vamos continuar dialogando com os representantes dos setores para estabelecer a melhor forma de funcionamento das empresas, sem colocar em risco a população. Nossa prioridade é salvar vidas”, afirmou nesta segunda-feira (1).

De acordo com o vice-prefeito Bruno Reis, avaliações técnicas e científicas conduziram o processo de definição de protocolos gerais e específicos para a liberação do funcionamento das concessionárias e revendas de veículos (automóveis, motos e bicicletas); comércios de serviço de arquitetura, decoração, elétricos e de ferragens; construção civil em imóveis habitados; clínicas, para atendimento eletivo, e lavanderias.

“Acompanharemos atentamente o comportamento da pandemia na nossa cidade, para decidir quando será o momento certo de ampliar a flexibilização ou de suspender algumas medidas tomadas nesse sentido. Para isso, é essencial que a gente consiga reduzir ainda mais a taxa de contaminação e diminuir a ocupação dos leitos de UTI em Salvador”, assinalou Bruno Reis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here