As camas ecológicas de papelão dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 resistirão “sem problemas” às atividades sexuais na Vila Olímpica – garante seu fabricante, desde que sejam apenas duas pessoas por vez.

Fabricadas pela companhia Airweave para uma edição das Olimpíadas ansiosa para reduzir seu impacto ecológico, as camas preocuparam o jogador australiano de basquete Andrew Bogut.

“Muito boa iniciativa até que os atletas terminem sua competição, e os milhares de preservativos distribuídos na Vila Olímpica comecem a ser usados”, tuitou.

Procurada pela AFP, a empresa garante que as camas são fabricadas para suportar até 200 quilos.

Stephen Wade @StephenWadeAP

There will be 18,000 beds at Athletes Village for Tokyo Olympics—all made of cardboard frames. Organizers say will support 200 kilos, or 440 pounds. Olympics open July 24.1963:44 AM – 9 Jan 2020Informações e privacidade no Twitter Ads100 pessoas estão falando sobre isso

“Fizemos testes, como lançar peso nas camas. (…) Desde que tenham apenas duas pessoas na cama, devem ser sólidas o suficiente para suportar a carga”, afirma um porta-voz da companhia.

A Vila Olímpica é, tradicionalmente, um lugar de encontros. Nos últimos Jogos de Inverno de Pyeongchang, o aplicativo Tinder registrou um aumento de até 350% e, nos de verão do Rio-2016, os organizadores distribuíram 450.000 preservativos, ou seja 42 por atleta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here