A Polícia Civil continua as buscas pelos autores da chacina que teve quatro mortos em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador, no domingo, 2.

Até a noite desta segunda-feira, 2, nenhum suspeito havia sido preso pelas mortes de Alcimar Leonel Vila Nova, 28 anos, Ítalo José de Azevedo Araújo, 22, Rodrigo Marcelo Silva de Oliveira, 19, e do adolescente Jaílton Ferreira dos Santos Júnior, de 17.

De acordo com a delegada Maria Teresa Santos, da Delegacia de Homicídios de Camaçari, a investigação está na fase inicial de coleta de dados. “Estamos levantando informações para dar um retorno à sociedade mas, por enquanto, ainda não identificamos os suspeitos”.

A polícia relaciona o caso à guerra entre facções rivais da região. “Os próprios familiares das vítimas admitiram que eles (os quatro mortos) tinham relação com a criminalidade”, relatou a delegada Maria Teresa.

Liberados do IML

Os corpos das quatro vítimas foram liberados do Instituto Médico Legal Nina Rodrigues (IML) nesta segunda. Alcimar Leonel, 28 anos, e Ítalo José  22, foram retirados no final da manhã. À tarde, o instituto liberou Rodrigo Marcelo, 19, e Jaílton Ferreira, 17. Eles serão sepultados no Cemitério Jardim da Eternidade, em Camaçari.

 

A Tarde

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here